Policial penal invade cela e mata dois presos no presídio de Manhuaçu


Segundo a Polícia Militar (PM), o policial penal alegou inicialmente ir ao local para pegar um objeto em seu armário. Mas ele então foi a ala onde ficam os presos recém-chegados ao presídio, fechou a porta e impediu a entrada de outros agentes. O homem descarregou uma pistola calibre 40 em direção aos presos que estavam no interior da cela.

Quatro homens que estavam na cela foram atingido pelos tiros. Dois deles, de 24 e 34 anos, morreram no local. Os outros dois atingidos por disparos de arma de fogo foram socorridos com ferimentos leves.

Os outros policiais penais conseguiu acessar o local, desarmar o agente e prenderam. Ele foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil em Manhuaçu para ser ouvido e a realização de lavratura do auto de prisão em flagrante delito.

Em nota, Polícia Civil afirmou que a perícia esteve no local para identificar e coletar vestígios que irão subsidiar a investigação para a apuração dos fatos. Os corpos foram encaminhados ao Posto Médico-Legal do município para serem submetidos a exames de necropsia.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) lamentou o ocorrido e afirmou que vai abrir dois procedimento investigativo para apurar o caso.

Suspeito de estupro

O policial penal detido alegou que um dos detentos, de 34 anos, que estava no interior da cela havia estuprado a esposa dele durante a madrugada no bairro São Vicente. O suspeito de estupro havia sido preso pela Polícia Militar na sua residência no bairro Alfa Sul. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ratificado o flagrante e encaminhado ao presídio.


O que diz a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

“A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) lamenta a grave ocorrência envolvendo um policial penal na manhã desta quarta-feira (7/9) e informa que colabora e trabalha em conjunto com a Polícia Civil para que todos os fatos sejam devidamente esclarecidos.

A direção-geral do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) acompanha in loco os desdobramentos da ocorrência. A Polícia Civil já esteve no local para identificar e coletar vestígios.

Por volta das 9h, um servidor do Presídio de Manhuaçu I, situado na 12ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), na Zona da Mata, disparou contra quatro presos. Apesar do socorro imediato prestado a todos eles, dois homens vieram a óbito, e outros dois ficaram feridos.

O homem que fez os disparos foi detido em flagrante​. Ele alegou que um dos detentos teria estuprado a sua esposa na mesma madrugada.

Serão abertos dois procedimentos investigativos: um inquérito pela Polícia Civil e uma investigação interna pela Polícia Penal. O direito à ampla defesa e ao contraditório do policial penal em questão serão respeitados. Os corpos foram encaminhados ao Posto Médico-Legal.”

Fonte: pordentrodeminas.

Por Trás do Blog
610268841.png
Leitura Recomendada
Não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.
Siga "PORTAL EUGENÓPOLIS"
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • Facebook Basic Black
logos em pixel4.jpg
TRABALHE CONOSCO
(32) 9 99641404
WWW.UPCLOUD.INFO